Projeto “Pão e Circo no Coreto” realiza última apresentação

Nesta sexta-feira (6), a banda Pão e Circo faz a última apresentação do projeto “Pão e Circo no Coreto”, na Praça Pedro Sanches. O show está marcado para as 21h e tem parceria com o projeto “Cores do Coreto”, que traz ainda abertura com o músico Toninho Cruz.

A proposta “Pão e Circo no Coreto” vem sendo realizada desde 2015 em Poços de Caldas e também já circulou por outras cidades da região. Neste ano, esta será a segunda apresentação com recursos viabilizados da Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Recentemente, a banda se apresentou dentro da programação da MIA – Mostra Integrada de Artes, com sucesso de público.

A proposta “Pão e Circo no Coreto” busca ampliar mecanismos para divulgação do trabalho autoral da banda, além de levar para um dos mais famosos cartões postais de Poços de Caldas apresentações totalmente diferenciadas, sem perder a originalidade e o conceito da tradicional música no coreto. Nesse sentido, a fim de atrair todos os públicos, os músicos trazem um repertório que mescla clássicos mundiais, como Beatles e Queen, músicas de Tim Maia, Roberto e Erasmo Carlos, além de composições próprias.

“Há alguns anos temos essa parceria com o projeto Cores do Coreto que é muito bem recebida pela população e turistas, trazendo o coreto todo iluminado e com músicas de qualidade para diversão de todos. E ainda, seguindo uma tradição da banda, que tem influências de bandas marciais e de fanfarra, é sempre agendada uma apresentação no feriado da Independência para compor o calendário de eventos da cidade em comemoração à data”, destaca a produtora executiva do Pão e Circo, Chiara Carvalho.

A apresentação é gratuita e conta com incentivo cultural da empresa Ouro Mix Concreto Usinado e apoio da Secretaria Municipal de Cultura, Secretaria Municipal de Turismo e Prefeitura de Poços de Caldas. A produção conjunta é de Chiara Carvalho e do Carimbo Cultural.

Sobre o Pão e Circo

O Pão e Circo foi formado em 2008 em Poços de Caldas tendo como objetivo se tornar parte do cenário da música autoral da cidade. Na busca por referências rítmicas, eles encontraram inspiração nas bandas marciais, de coretos e em bandas de fanfarra, que tocam marchas e dobrados – sendo este último um ritmo exclusivamente nacional, uma vez que Brasil possui grandes compositores de dobrados, como Joaquim Naegele e Pedro Salgado.

A banda utiliza uma mescla de rock’n roll, cultura circense e de fanfarra para atrair os jovens e trazer a tona o interesse pelos aspectos culturais de Poços de Caldas. As canções misturam ritmos do início do século XX com blues, rock e sons eletrônicos, valorizando os instrumentos de sopro.
Pão e Circo é formado pelos músicos Alexandre Nader (baixo), Danilo Bareiro (voz), Giovane Brito (trompete), João Paulo Ayres (bateria), Luís Prata (trombone) e Renato Gaiga (guitarra), com participação especial de Rodrigo Almeida (teclados).